Onzeneiros, Parvos e Sapateiros, entre outros, são personagens do Auto da Barca do Inferno que trouxeram desconfiança e gargalhadas ao palco do Teatro Cinema, no passado dia 25 de janeiro, para os alunos do 9º ano poderem ajuizar duma época a que Gil Vicente quis dar vida tendo como juízes um Anjo e o Diabo. Muita gente convencida de que poderia entrar no Paraíso, foi motivo para momentos agradáveis e para as palmas que os atores, da Companhia de Teatro Actus, agradeceram no final.