“O que sinto neste regresso à escola, em tempos de pandemia?”

Para assinalar o Dia da Saúde Mental, comemorado todos os anos a 10 de outubro, os docentes de Ciências Naturais, em articulação com o PEPS dedicaram algum tempo de reflexão ao tema da saúde mental.

Para além dos efeitos muito prejudiciais no desenvolvimento social, intelectual e emocional das crianças e jovens, os problemas de saúde mental na infância e adolescência são um dos principais preditores de problemas de saúde mental na idade adulta, com cerca de metade das doenças mentais a ter início antes dos 14 anos de idade.

A que faz sentido estar atento? Como perceber se está algo a acontecer ou será apenas uma fase? O que posso fazer para melhorar a minha saúde mental? Quando e onde procurar ajuda? Estas foram algumas das questões a que se procurou dar resposta com o desenvolvimento desta atividade.

Os últimos anos não foram fáceis. A pandemia veio trazer desafios tremendos. Com os confinamentos e todas as restrições relacionadas com a pandemia, as crianças e jovens tiveram de desenvolver capacidades extraordinárias para se adaptar a novas rotinas e hábito, tendo perdido anos muito importantes das suas vidas longe da família, dos amigos, das escolas e das brincadeiras. A perturbação das rotinas, assim como a preocupação com a saúde, está a deixar muitas crianças e jovens com medo, revoltados e preocupados com o futuro.

Com o objetivo de fazer um diagnóstico sobre o bem-estar das nossas crianças e jovens e de alertar para a necessidade de procurar ajuda, os docentes de Ciências Naturais colocaram aos alunos a seguinte questão: “O que sinto neste regresso à escola, em tempos de pandemia?”

Através da ferramenta digital Mentimeter, foi possível obter em cada turma uma nuvem de ideias com as respostas dadas. Se muitos alunos responderam felicidade e alegria, muitos também mencionaram ansiedade, preocupação, stress e solidão. Os resultados de cada turma serão alvo de análise, de forma a poder planear ações, no sentido de melhorar a qualidade da saúde mental das nossas crianças e jovens.

Partilho os resultados obtidos em algumas turmas:

https://padlet.com/sandrapinheiro1/k1h6vezc7mhd4tzg

A Coordenadora do PEPS

Sandra Pinheiro