No dia 4 de dezembro de 2019 realizou-se, no nosso Agrupamento, a Sessão de (in) formação “Bullying – Conhecer para Prevenir”, no âmbito do programa “Escola com Valores. Escola sem violência”, dinamizada pelo Projeto de Educação e Promoção da Saúde (PEPS).

Esta sessão, destinada aos representantes de alunos, contou com a presença de um grupo fantástico que ouviu e participou com interesse nas atividades propostas pela nossa psicóloga do Agrupamento Dra Sofia Mendes, que dinamizou este encontro.

Através da utilização de uma linguagem direta e de dinâmicas ativas e participativas foi iniciado um programa de Apoio Interpares que se baseia no pressuposto de que um grupo de alunos presta, de algum modo, apoio aos seus colegas.

Foram apresentadas estratégias para lidar com situações de bullying, bem como exemplos de medidas preventivas para o evitar e, assim, minimizar o seu impacto junto dos jovens, incentivando os alunos a refletirem sobre o seu comportamento e, em última análise, a criarem uma cultura em que estes dialoguem uns com os outros, apoiando-se mutuamente e respeitando as diferenças de cada um.

Em relação ao bullying, os Líderes de Apoio Interpares podem desempenhar um papel essencial na sua redução e prevenção através das seguintes formas:

  • mostrando disponibilidade para escutar, permitindo que os alunos possam falar com alguém da sua idade sobre os seus problemas;
  • prestando apoio aos alunos mais vulneráveis da escola, falando com eles e ajudando-os a sentirem-se mais seguros;
  • comunicando os incidentes de bullying a professores ou a outros funcionários da escola;
  • compreendendo os problemas existentes entre os seus pares, no que se refere a questões de bullying e de comportamento;
  • trabalhando com os alunos que são vítimas/autores de atos de bullying, prestando-lhes apoio;
  • atuando como porta-voz dos alunos.

Os programas de apoio interpares têm revelado várias vantagens quer para a escola, quer para os Líderes de Apoio Interpares:

  • os alunos que são Líderes de Apoio Interpares desenvolvem competências fulcrais, designadamente ao nível do aumento da autoconfiança, do sentido de responsabilidade, das capacidades de escuta ativa, da empatia e das competências de comunicação9;
  • os Líderes de Apoio Interpares proporcionam um valioso apoio aos alunos que não têm ou que têm poucos amigos.
  • de um modo geral, os Líderes de Apoio Interpares têm mais em comum com os alunos que necessitam de ajuda do que os adultos. Por essa razão, os alunos que foram vítimas de bullying consideram mais útil falar com um colega do que com um adulto;
  • é mais frequente os alunos prestarem atenção a alguém que tenha a sua idade do que a um adulto.

Por conseguinte, o programa de Apoio Interpares pode influenciar comportamentos e fomentar positivamente a cidadania na escola, numa escola que se preocupa com o bem-estar dos seus alunos.

A Coordenadora do PEPS

 

Sandra Pinheiro